• Nathanael Modesto

COVID-19 pode causar impotência sexual?

A resposta é SIM !

A chave dessa questão é que a infecção pelo novo coronavírus pode provocar uma alteração na camada interna dos vasos sanguíneos ( endotélio ), gerando uma inflamação em todo organismo. Tal situação pode afetar diversos orgãos , como o pulmão, coração, cérebro, glândulas e também o pênis.

Para entender o quadro é fundamental saber como ocorre uma ereção normal: O fenômeno envolve o trabalho integrado de vários sistemas:

  1. Sistema cardiovascular: dilatação dos vasos sanguíneos e aumento do fluxo de sangue arterial para preencher os corpos cavernosos (estruturas tubulares internas do pênis). Para isso o papel do óxido nítrico (vasodilatador natural ) é fundamental, bem como da oxigenação e bombeamento adequado sangue.

  2. Sistema nervoso central: as estruturas do centro de ereção toraco-lombar e sacral são responsáveis pelos impulsos neurológicos das ereções psicogênicas (estimulos visuais, auditivos ou fantasias sexuais) e reflexas (estimulo ao toque genital).

  3. Sistema hormonal: a testosterona é o principal hormônio associado à sexualidade masculina. Seu papel está ligado tanto aos canais psicogênicos da libido como ao nivel de oxido nítrico peniano

  4. Psicológico: o estado psicológico saudável está a associado tanto à libido como ereção normais.

Diversos efeitos da COVID-19 podem estar associados à impotência . Entre as principais estão:

1. LESÃO ENDOTELIAL COM FORMAÇÃO DE COÁGULOS E REDUÇÃO DO ÓXIDO NÍTRICO

A lesão provoca aumento da obstrução por microtrombos, além de constricção dos vasos sanguíneos, levando a uma menor circulação de sangue oxigenado no pênis

2. REDUÇÃO TRANSITÓRIA DA TESTOSTERONA

A redução do hormônio provoca redução do desejo sexual e dos níveis de óxido nítrico no pênis, reduzindo também a circulação de sangue no pênis

3. PIORA DA CAPACIDADE CARDIOPULMONAR

A menor oxigenação do sangue nos pulmões e a alteração do bombeamento do sangue pelo coração levam ao cansaço e intolerância ao esforço físico.

4. ANSIEDADE, MEDO E DEPRESSÃO.

O isolamento social com redução da atividade sexual e redução da libido pioram o perfil de ereção do homem.


A COVID-19 afeta todo o organismo, com consequências negativas em todo o organismo. Por essa razão seu tratamento pode envolver vários especialistas. Em caso de disfunções sexuais, como a impotência, procure o urologista para exames e tratamento.




7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo