• Nathanael Modesto

Saiba mais sobre pedras nos rins

Atualizado: Ago 27


INTRODUÇÃO

Pedras nos rins (também chamadas de nefrolitíase ou urolitíase) são comuns, afetando aproximadamente 1 em cada 5 homens e 1 em cada 10 mulheres até 70 anos de idade. Felizmente, há tratamento disponível para eliminar a maioria das pedras e também para evitar a formação de novos cálculos renais.


COMO AS PEDRAS DOS RINS SE DESENVOLVEM

Uma pedra no rim pode se formar quando níveis elevados de certas substâncias (cálcio, oxalato, cistina ou ácido úrico) estão presentes na urina ou quando há menor quantidade de água na urina. As substâncias formam cristais minúsculos, que podem se aglomerar formando o calculo.

Às vezes, uma pedra nos rins não causa nenhum sintoma e só é encontrada quando exames de imagem são feitos por outro motivo. Uma pedra pequena tem maior chance de se mover e ser eliminada na urina. Caso ela fique presa e provoque obstrução, pode provocar muita dor, além de outros sintomas, como sangue na urina (hematúria), náusea , vômitos ou desconforto pra urinar.


DIAGNÓSTICO

As pedras nos rins são geralmente diagnosticadas com base em seus sintomas, exame físico e exames de imagem. São os principais :

1- Tomografia computadorizada (TC)

2- Ultrassom


TRATAMENTO DE PEDRA NO RIM

O tratamento de uma pedra no rim que está causando obstrução depende do tamanho e da localização da pedra, bem como do nível de dor e sinais do complicações.

Se sua pedra for pequena, sua dor for controlada e se não houver complicações, seu médico provavelmente irá sugerir tratamento em casa para eliminar o calculo.

Se você tiver dores fortes, náusea ou febre, precisará ser tratado com medicamentos mais fortes para a dor e fluidos intravenosos em ambiente hospitalar, o mais rápido possível.

Entre os principais tratamentos cirúrgicos realizados em hospital estão:


Ureterorrenolitotripsia a laser - procedimento minimamente invasivo comum que usa um equipamento fino, passado através da uretra e da bexiga para o ureter e o rim. Isso permite ao médico ver a pedra e removê-la ou quebrá-la em pedaços menores usando uma fibra laser. Os pequenos fragmentos são então retirados.


Nefrolitotomia percutânea - é um procedimento cirúrgico em que um pequeno aparelho é passado através da pele das costas até o rim para remover o cálculo. Essa técnica é usada principalmente par cálculos muito grandes ou complexos.


Os cálculos renais podem provocar sintomas que pioram muito a qualidade de vida e podem comprometer a capacidade funcional e trabalhista do paciente.

Converse com seu urologista sobre o diagnóstico e tratamento das pedras nos rins.



10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo